<$BlogRSDUrl$>

Friday, January 23, 2004

209. Bibliografia de Arqueologia (3)
Chegou-me às mãos o livro:
JORGE, Victor Oliveira – Olhar o mundo como arqueólogo. Coimbra, Quarteto, 2003. 264 p. - ISBN 972-8717-78-4
Contém 10 artigos, na maioria já publicados em várias revistas ou livros, e uns ainda inéditos por estarem no prelo.
Se quiserem mais informações digam.
Aos amigos arqueólogos

|
208. A FAMÍLIA REAL PORTUGUESA
Escreveu a francesa Laura Permon, mulher do embaixador Junot em Portugal:
Mas o indubitável é que (D. Miguel) não é filho de D. João VI.

Aliás, tão pouco se parece com a sua mãe, nem com nenhum membro da família de Bragança, o que também se observa nos outros filhos da princesa do Brasil”

(Mário Domingues, Junot em Portugal, cit. VB-211)

(Anedotas da História de Portugal nº 31)

|
207. OS PATRICARCAS (2): O QUE SÃO AS HISTÓRIAS BÍBLICAS?
E as ricas histórias dos Patriarcas bíblicos? Abraão, Isaac e Jacob? Se os judeus tem origem no êxodo de leprosos e fiéis de Akhenaton, as histórias bíblicas devem ter antecedentes egípcios, como é hábito.
Quantas às histórias bíblica, não se lhes pode dar crédito total, basta ver que uma se repete 3 vezes: um patriarca vai a uma terra, com medo do rei diz que a mulher é sua irmã, mas deus impede o faraó de dormir com ela.
Da primeira vez é Abraão e Sara, no Egipto.
Da segunda vez, os mesmos, com Abimelec, rei filisteu de Guerar, perto do Egipto, sendo capitão Ficol.
Da terceira vez, Isaac, filho de Abraão, e Rebeca, com o rei filisteu Abimelec, de Guerar, e o capitão Ficol.
Ora 45 anos depois (no mínimo) seria estranho o rei e o capitão terem o mesmo nome!

Ainda por cima, porquê em tempo de fome Isaac iria a Guerar? O Egipto era o centro alimentar mais importante!
Quanto aos Filisteus, só chegaram a Canaã 400 anos depois deste incidente de Isaac... o que sugere que estas 3 histórias tem origem numa, onde apenas entra o Egipto (MB-284/7)

Se os judeus tem origem no Egipto, o que são as histórias dos patriarcas? São modificações dos contos e lendas relativas aos deuses egípcios, que se pensava tratarem-se dos antepassados do povo egípcio. Como os atonianos/judeus não acreditavam nessas divindades, tiveram de transformar essas histórias bem conhecidas, referentes a deuses com poderes mágicos, em contos sobre os antepassados humanos que tinham interagido com o único ser sobrenatural, Deus (VB-292/3, resumo Alex 13/1/04)

|
206. ABORTO & SALVAR AS MULHERES
Como disse antes, no referendo do aborto pessoas religiosas disseram que o Sim significava matar as crianças todas, ora o Filipe comentou dizendo: “lendo-se nas tuas entrelinhas que com a liberalização do aborto morrem algumas crianças, mas não todas...”. A questão é completamente diferente!
A igreja, o Filipe e o Paulo Portas não vão salvar nenhuma criança! Toda a vossa argumentação é completamente irrelevante! A questão não está em salvar crianças!

Acham que liberalizar o aborto vai provocar mais abortos? Porquê? As mulheres vão engravidar mais, de propósito, só para fazerem abortos? Ridículo.

Filipe, toda a gente é contra o aborto, toda a gente. Incluindo eu próprio e as mulheres (talvez uma em cada 3) que abortam.
Ninguém aborta porque quer, mas sim porque tem de fazer.
As que o fazem sabem de antemão que ficam com um peso na consciência, se é que não vão morrer, arranjar graves problemas médicos, incluindo ficar estéreis!

Filipe, sabes o que é para uma mulher não poder ter filhos? Cada rapariga que faz um aborto arrisca-se a nunca mais na vida ter filhos! Ninguém toma uma decisão destas de ânimo leve.
Se não podemos salvar os fetos (óbvio), ao menos salvemos as mulheres. Mas o Paulo Portas e Companhia

apenas conseguem que os abortos sejam feitos sem condições médicas, provocando indirectamente a morte das mulheres.
Por isso, o Paulo Portas é muito mais assassino do que as enfermeiras a serem julgadas.

Já sem falar da atitude de crucificar mulheres inocentes!

|
205. HIPPARCOS INVENTOR DA ASTRONOMIA!
No Público de hoje atribui-se a Hipparcos, Grego, a invenção da Astronomia! Não acredito nisto!
Deve ser como as invenções atribuídas aos médicos gregos! Nós sabemos que eles foram ao Egipto aprender em templos e agora foram eles os inventores de algo!
Ainda por cima da Astronomia! Os Astros são conhecidos à muito, muito, muito mais tempo. Basta vermos o disco astronómico da Idade do Cobre no meu post nº 160 e no National Geographic deste mês!
Também é sabido que os Egípcios sabiam que Sírius é uma estrela dupla, o que só no séc. XIX a Astronomia re-descobriu!
E os bloguistas de Astronomia, o que acham?

|
204. MULHERES ÁRABES & VÉU
No Iraque eram 5 quilómetros de gente agrupada pelo chefe religioso chiita. Gritavam contra o ocupante. Vi imagens. Não havia nenhuma mulher. As mulheres chiitas só têm direito a manifestar-se em França, sob o enquadramento dos seus legítimos proprietários (Luís da Sofia, 21/1/04)

Ora bem, será que se pode dizer, “Se usam o véu - e salvo situações especiais – é porque assim o querem”, como disse o Filipe?, duvido.

|
203. TOMATE & CANCRO DA PRÓSTATA
O tomate deve a sua cor vermelha ao licopeno, um caratonóide antioxidante que ajuda a diminuir em 45% a probabilidade do cancro da próstata
(Pedro Lôbo do Vale, médico, Expresso-Única, 10/1/04: 59)

|
202. PAPA BEATIFICA ASSASSINO
O Papa continua a somar santinhos, num record impressionante (por oposição ao sábio e “santo” João XXIII que não fez 1 único), e agora quer beatificar Carlos I, o último imperador da Áustria! O facto de ele ter usado gases letais na I Grande Guerra não parece perturbar o papa
(Expresso-Única, 10/1/04: 8)
De quem beatifica um Escribá de Balaguer tudo é possível!

|
201. PSICOLOGIA DA TRETA (2)
Qualquer homem que se sinta atraído por desconhecidas sentirá um grande receio em dar-se a conhecer, em partilhar a intimidade com alguém
(Cláudia Morais, Psicoterapeuta, Men’s Health cit. NM, 11/1/04: 19)

Qualquer rapariga de 10 anos sabe mais de relacionamentos humanos que esta Drª! Incrível! Quando era adolescente pensava que quem ia para as Psis eram os idiotas confusos que não se conseguiam compreender a si próprios
Dedicado à Carol! Já agora, tens um blog?

|
200. REFORMAS
Se o Governo quer poupar nas aposentações, podiam começar por estudar as reformas dos titulares dos cargos políticos e todos aqueles que se reformam com vencimentos muito superiores ao seu último ordenado no activo. Será que é preciso dar exemplos? Esta é que é a verdadeira reforma
(José Soares, O Despertar, 16/1/04: 2)


|
199. O PAI DE DOM MIGUEL
O erário público pagava a um Apontador para apontar as datas do acasalamento real, mas ele tinha pouco trabalho.
Isso não impedia D. Carlota Joaquina de ter filhos com regularidade e, ao mesmo tempo, advogar inocência e dizer que era fiel a D. João VI, gerando assim filhos de imaculada Conceição!

No caso de D. Miguel, havia cerca de 2 anos que D. João VI não acasalava com a sua mãe. Mas uma coisa é saber-se que não era pai, outra é dizer quem era o pai, porque D. Carlota Joaquina não era fiel nem ao marido nem aos amantes!
Apesar de incerto, apontaram para o 6º Marquês de Marialva, D. Pedro José Joaquim Vito de Meneses Coutinho, por estar na lista daqueles a quem a rainha dava favores nocturnos e, por vezes, diurnos.

A dar substância a esta especulação está o facto de D. Miguel gostar de tourear (como todas as coisas tradicionais, dado ser avesso a tudo o que era novo), o Marquês ser o último de uma linhagem de toureiros e o seu avô, D. Pedro de Alcântara de Meneses, ter sido autor de um sistema de equitação taurina que cobrou o nome de Marialva!

Outros pais possíveis, na lista de Laura Permon, mulher do embaixador Junot em Portugal, são, segundo uns, um moço da cavalariça da rainha e segundo outros, um médico de Lisboa (VB-203+209+211)

|
198. MULHER DO ESCRITOR JOSÉ RODRIGUES MIGUÉIS
A Camila trabalha, ensina e corre a resolver todos os problemas da família, impostos, sindicato, doenças, seguros... o inferno! Sem ela eu não daria um passo e não poderia escrever
(J.R.M. em artigo de Teresa M. Marques, Jornal de Letras, 21/1/04: 21)

|
197. BOWLING FOR COLUMBINE
O argumento parte da tragédia do liceu de Columbine, onde 2 adolescentes massacram a tiro 13 pessoas, antes de se suicidarem (..) Mas, afinal, o que motivou esta atitude? Os video-jogos? A música..?
(Usana Ribeiro Martins, Jornal de Letras, 21/1/04: 4)

A explicação é muito simples, como a sabe (ou devia saber) qualquer rapaz que passe pelos liceus.
Nesses ambientes pidescos só se pode ser líder ou seguidor do líder, o que implica desde logo excluídos por qualquer motivo. Os excluídos também servem como bobos da corte do líder e comparsas.
Assim sendo, esses excluídos sentem vontade de matar os líderes e comparsas. É perfeitamente natural.
Apenas não temos é as armas à mão como os americanos.
Dificilmente haverá algo mais fácil de explicar!

|

Thursday, January 22, 2004

196. DISPARATES PÓS-MODERNOS - FUJIMURA & VALOR DE PI
Depois da discussão entre cientistas (António Manuel Baptista) e pós-modernos pós-racionais (Boaventura Sousa Santos & Eduardo Prado Coelho), o BSS lançou agora um calhamaço de 775 páginas (o que para o EPC é garantia de qualidade, como se a qualidade se medisse ao quilo!!), com 34 artigos de diferentes autores, incluindo uma pérola de Joan Fujimura (p. 143-171), antropóloga nos EUA, que passamos a ver:

No artigo piada de Sokal “Transgressing the bounderies”, há uma passagem que não foi refutada, pelo que conclui que o valor de Pi varia no tempo, dizendo que o valor de Pi foi refutado há 170 anos pelas geometrias não euclidianas tendo vindo «a transformar o nosso entendimento da circunferência do círculo unitário (ou Pi) e os nossos conceitos de espaço e de tempo».

Como qualquer estudante do liceu sabe, Pi é a razão entre o perímetro e o diâmetro de qualquer circunferência. Ora as geometrias não eucledianas, obviamente, não iam alterar isto!

Mas ela afirma: «O valor do perímetro do círculo unitário (ou Pi) mudou». E continua: «Pode ser diferente de 3,14159... e é um dos mais interessantes temas de estudo da geometria pós-euclediana».
E continua: «apresento a seguir outro exemplo, o das distâncias não-euclidianas, a partir dos quais é mais fácil explicar como se calcula valores alternativos». E calcula diversos valores «alternativos»!
Mais à frente: «Os matemáticos e os cientistas mudaram o mundo ao desafiar os cânones universais e as constantes».
Este artigo, do início ao fim, é só disparates! Com muitas imprecisões matemáticas!
(adapt. Jorge Nuno Silva, matemático, Jornal de Letras/Educação, 21/1/04: 11)
O que pensam disto os blogs de ciência? A Ciência, Expansão, Formiga, Natural Philosophy, Teste e o Uni-Verso?
Bem como os demais leitores?

|
195. MATAR MULHERES É BOM PARA OS JUÍZES E DIREITA!
A uma enfermeira condenada a 7 anos de prisão (4 já quase cumpridos! 4!) pelos abortos clandestinos sem problemas, compare-se com 3 anos e meio de prisão com pena suspensa “por «homicídio por negligência» - ou seja, pela morte de uma mulher em consequência do aborto, mais do que clandestino, selvagem (certamente sem recurso a medicamentos) realizado por essa enfermeira”, julgada na Guarda, em Fevereiro de 2003!
(adapt. Inês Pedrosa, Única-Expresso, 10/1/04: 12)

Ou seja, a mensagem que os juízes e a Direita passam é que não há problema nenhum em matar mulheres, o problema é quando se matam fetos, certamente porque podem ser homens, porque as mulheres para a direita não valem nada… valem menos do que um monte de células! Incrível!

|
194. ASTERÓIDES ASSASSINOS
O asteróide que matou os dinaussauros há 65 Milhões de anos tinha 10km de diâmetro e fez uma cratera em Chicxulub (México) com cerca de 150km de diâmetro!
1 asteróide de 1km tem uma energia de 1000000000000 toneladas de TNT, muitas vezes superior a todas as bombas atómicas do planeta!
Como se imagina, um monstro destes pode bater na Terra... em 5/2/2019 talvez bata o asteróide 2002 NT7, mas a NASA disseram ser essa afirmação ridícula, alarmista e pouco ética.
Contudo, está a desenvolver tecnologias que permitam alterar a rota de um asteróide, para o ter pronto em 2015! Pelo sim, pelo não
(Raquel Gonçalves Maia, Jornal de Letras, 21/1/04: 38)
É bom que o DitoCujo e outros que criticam os gastos da NASA pensem bem nisto! Pode ser a nossa única salvação
O EPC disparata contra a ciência, mas não é com discursos vazios que se desvia um meteoro

|
193. POLÍTICA DA EDUCAÇÃO
Um dos nossos grandes equívocos é considerar que o desastre do ensino é um problema pedagógico. Não é. É um problema político como foi e sempre será. Simplesmente rotularam-se as políticas educativas de «ciências da educação» e deu-se-lhes um inacreditável enquadramento institucional
(Gabriel Mithá Ribeiro, Jornal de Letras/Educação, 21/1/04: 21)

|
192. COMBOIOS LISBOA-PORTO
Há 25 anos, o JN noticiava que a ligação Porto-Lisboa demoraria o mesmo que o Alfa actual (3h15, quando não atrasa!) (JN, 22/1/04: 18)

E aqueles parvos que estão no Governo em vez de melhorarem os comboios que temos, pensam num projecto faraónico para o exterior! É cada uma!
Será que merecemos mesmo um (des)governo tão tão mau?

|
191. ESTADO ON-LINE
Estudo chumba mais de metade dos sites do Estado na net (JN, 22/1/04: 8)

|
190. IMIGRANTES
Os imigrantes são vitais para o desenvolvimento do país (Feliciano Barreiras Duarte, Portugal Diário, 21/1/04)

|
189. OS PATRIARCAS DO EGIPTO
Na parte 4 contei que G. Greenberg tinha contado os anos até ao nascimento de José em 1454 a.C., a partir dos dados do Génesis 5 (até ao Dilúvio) e 11 (depois do Dilúvio); mas como fez isso?
Para começar confrontemos as duas listagens:
Génesis 5: 6. Set, de 105 anos, gerou Enós. 7. Depois do nascimento de Enós, Set viveu ainda 807 anos, e gerou filhos e filhas. 8. Ao todo, a vida de Set foi de 912 anos; depois morreu.
Génesis 11: 14. Chelah, de 30 anos, gerou Heber. 15. Depois do nascimento de Heber, Chelah viveu ainda 403 anos e gerou filhos e filhas.
O Génesis 5 tem uma 3ª linha com resumo e número de anos de cada um! Ou seja, são duas versões diferentes, o que implica duas fontes diferentes, não tendo sido feitas de uma só vez.
Assim temos, resumindo, num quadro o nome do patriarca, o ano após a criação em 3761, quantos anos tinha ao nascer o filho, e a data da morte:
Geração Data Nascim. Anos Filho Data Morte
Adão 3761a-C. 130 2831 (2ª D?)
Set 3631 105 2719 (3ª Dinastia em 2700)
Enós 3526 90 2621 (4ª Dinastia em 2620)
Cainan 3436 70 2526 (divisão política interna)
Mahalalel 3366 65 2471 (5ª Dinastia em 2480)
Jared 3301 162 2339 (6ª Dinastia em 2340)
Henoch 3139 65 2774-Ano Sótico/caminhou com Deus
Matusalém 3074(1ªD?) 187 2105-Dilúvio-Último Rei Mênfis
Lamec 2887 182 2110
“”(ed.70) 2134 (11ª Dinastia, de Tebas)
Noé 2705 500 1755
Sem 2205 100 1605
Arfaxad 2105 35 1667
Chelah 2070 30 1637
Haber 2040=2ªUnificação 34 1576=Início da 18ª Dinastia
Peleg 2006 30 1767-Cf. data Nahor
Reu 1976 32 1737
Serug 1944 30 1714
Nahor 1914 29 1766-Cf. data Peleg
Taré 1885 70 1680= Início da 15ª Dinastia Hicsa
Abraão 1815 86/100 1640
Ismael 1729-Avaris 1592
Isaac, fº Ab. 1715 1535
Jacob 1655 1508(47:28)
José 1564=Derrota Hicsus 1454
Para chegarmos a José tivemos de juntar os outros dados do Génesis (Isaac, Gen. 21:5+35:28; Ismael, Gen. 16:16+25:17; Jacob, Gen. 25:26+47:28; José, Gen. 41:46+47:28+45:6+50:26).
Datas interessantes notadas:
1º Henoch, “o que caminhou com Deus”, porquê? Henoch não viveu 900 anos ou mais, como os outros patricarcas, mas apenas 365 anos! Ora 365 são os dias do ano Solar! Será uma referência ao calendário solar? É que os hebreus e os vizinhos Mesopotâmicos usavam um calendário lunar de 354 ou 360 dias! O calendário solar foi usado sobretudo pelos Egípcios!! Isto é muito estranho! (MB-103)
Henoch, o que caminhou com Deus (Sol), morreu justamente num ano Sótico! Um ano sótico é quando o ano civil coincide com um ano solar egípcio. O problema é que os Egípcios não tinham o dia extra de 4 em 4 anos (ano bissexto), o que provocava desfasamentos das Estações do ano e causa dificuldades aos historiadores. Em 139 d.C. ocorreu um e cunhou-se uma moeda comemorativa! (MB-92)
Os Mesopotâmicos tinham listas de 9-10 reis anteriores ao dilúvio, mas estes viviam 18.600 a 65.000 anos! (MB-104/5)
A sequência normal, morrer depois do pai, foi quebrada quando Peleg e Nahor morreram em 1767 e 1766! O filho de Nahor morreu em 1680 a.C., que marca o início da Dinastia Hicsa. Duas datas de morte, que se corresponderem a dinásticas, devem ser a divisão do reino. Ora:
As datas de nascimento e morte de Heber (2040 e 1576) coincidem precisamente com a 2ª unificação do Egipto e o início da 18ª Dinastia, ou 3ª unificação (MB-126).
Ismael, 1º filho de Abraão, nasce em 1729, quando Avaris, a capital dos Hiscus, foi fundada em 1730, porque Seti I foi lá comemorar os seus 400 anos em c. 1530. Na Bíblia, ao falar-se das origem míticas de Abraão, associa-se Ismael a Set! (MB-131)
Assim como Heber, Matusalém pode marcar o início e o fim das Dinastias com sede em Mênfis, marcando 3074 a 1ª Dinastia e 2105 o fim da Dinastias VI (Dilúvio). Estes 969 anos concordam com os anos estimados para estas dinastias (MB-141). Os anos das mortes dos antepassados marcam o início das 2ª até 6ª Dinastia.
8º Excepto Cainan, a meio da IV Dinastia, que deve marcar a divisão entre os grupos políticos de Hordedef e Baufre (MB-153)
9º Peleg, do hebraico nipleg, significa “dividido”! Esta significado sempre desconcertou estudiosos bíblicos! Afinal, deviam ser patriarcas de nações inteiras! Se os Hicsus só tomaram o poder em 1680, o que é certo é que nesta época eles surgiram, e o país dividiu-se em hicsus e tebanos (MB-125).
10º As Dinastias VII e VIII não estão no Génesis, mas como estão as datas do fim de Menfis (2105) e o início das dinastias de Tebas (2134), podem ocupar este espaço. Destas dinastias só temos a sua presença nas listagens de reis.
11º Antes do Dilúvio, Deus ficou irado pelo cruzamento entre os “filhos de Deus” e os “filhos do homem”, razão pela qual, “O meu espírito não permanecerá indefinidamente no homem, pois o homem é carne e os seus dias não ultrapassarão os 120 anos”. Sendo o Dilúvio em 2105 a.C. (e morte de Matusalém) que se passou em 2225? Bom, os filhos de deuses seriam os faraós de Mênfis e as filhas dos homens as de Herakleopolitana, que depois reivindicaram o trono? A sua linhagem terminou em 2040 a.C., e durou 185 (dinastia II de Manetho), pelo que dá precisamente 2225 a.C.! Era um cruzamento de reais com não reais, e provocou a divisão e o fim da dinastia de Mênfis! Sem estes casamentos, Herakleopolitana não poderia reivindicar o trono (MB-162/3)
12º Na Dinastia XII vêem-se coincidências importantes, apesar do desfasamento:
Patriarca/Faraó Nascimento/Dinastia/Diferença ReinouPor/FilhoAos
Peleg/Amenemhe I 2006/1991/15 30 anos/30 anos
Reu/Senwosre I 1976/1961/15 32 anos/32 anos
Serug/Amenemhe II 1944/1927/17 30 anos/30 anos
Nahor/Senwosre II 1914/1897/17
Taré/Senwosre III 1914/1897/17
Abraão/Amenemhe III+IV 1815/1796/19 (MB-120/1)
Eu não sei o que vocês pensam, mas para mim, isto são coincidências a mais...

|
188. SEXO À ARABE
Os jovens só pensam em sexo, mas, para que as suas companheiras fiquem virgens até ao casamento, sodomizam-nas.
Toda a gente fica contente, a honra das famílias está a salvo e faz-se de conta que não aconteceu nada. É a hipocrisia árabe
(jornalista tunisino no Quatar, GR/JN, 17/1/03: 38)
Nem comento!

|
187. DITADURAS ANTIECOLÓGICAS & BUSH
As ditaduras são o pior inimigo do meio ambiente. Esta é uma das conclusões do (...) Instituto de Recursos Mundiais no âmbito do programa para o Meio Ambiente e Desenvolvimento das Nações Unidas (ONU) e do Banco Mundial (Expresso-Única, 10/1/04: 58)

O que se conclui daqui é que os EUA são uma ditadura! Haverá país pior em termos ambientais que recusa assinar protocolos e reduzir poluição a fim de proteger a sua economia?
O Ditador-mor, claro, é o G. W. Bush

|
186. ESTATÍSTICA DOS BRASÕES DOS DESCOBRIMENTOS
Os Descobrimentos Portugueses originaram 60 brasões novos, dos quais 8 por acrescentamentos honrosos (ex: Vasco da Gama teve o brasão de Portugal em cima do da família Gama) e 11 por diferenças das armas familiares.
Dos 41 restantes, 29 foram armas simples, 6 foram partidos ou cortados em 2 partes e os 6 restantes tiveram 3 ou mais partições!
De referir ainda, nestes 60 brasões, 6 cabeças de Mouro, 2 padrões, 2 palmeiras e 1 ídolo!
(Maria L.G.C. Borges e J.C.G. Borges, O Armorial das Conquistas e Descobrimentos e o Armorial da Távola Redonda, Armas e Troféus, S. 6, t. 1, 1987-1988: p. 22-25)

|
185. BUSH & ÁLCOOL
Quando George W. Bush fez 40 anos, a mulher deu-lhe a escolher: ou ela ou a garrafa
(Pública, 4/1/04: 39)
Bolas! Grandes males ao mundo trouxe esta mulher!

|

Wednesday, January 21, 2004

184. 1º PRÉMIO DA CRÓNICA PARA EPC
Não acreditei quando li isto no Público!
Como é que alguém premeia crónicas que ninguém lê!
Não conheço ninguém que leia! Para quê ler uma escrita confusa cuja principal intenção é não dizer nada usando ao máximo figuras de estilo?
Um conhecido meu diz que ele está a gozar connosco!
Eu só leio os títulos e só leio mais se ele estiver a falar mal da ciência e dos cientistas! Nesta altura percebi!
Os que deram o prémio deram-lhe com medo dos insultos que ele usa sempre que alguém não concorda com o que ele diz! Deve ter sido isso!

|
183. QUANTAS PALAVRAS NOVAS POR DIA EM PORTUGAL?
Pergunta o Adufe, ao saber que em Inglaterra são 2 palavras novas por dia!
Eu respondo: Da 6ª para a 7ª edição do Dicionário da Língua Portuguesa vão 7000 palavras novas em 5 anos (1992-1997), ora 5 anos são 5x365+1 dias = 1826 dias! Temos como resultado 3,8 palavras novas por dia!
Nem quis acreditar quando vi o resultado!

|
182. COIMBRA HOMOSSEXUAL!
Fiquei pasmado quando li porque o Pedro Dias não tem feito nada em Coimbra porque, nas suas próprias palavras:
“Não sou fácil de aturar; em segundo lugar sou do PSD. E sendo de direita e heterossexual, há grandes dificuldades em entrar nos meios intelectuais conimbricenses
(Público?/Local de ?, Luís da Sofia, 20/1/04)

|
181. EUTANÁSIA
Cita Filipe: Tudo isto fica agravado por uma atmosfera cultural que não vê qualquer significado nem valor no sofrimento, antes considera-o como o mal por excelência, que se há-de eliminar a todo o custo (Enciclina Evangelica Vitae)

Das duas uma: ou se é Cristão ou se é Papista, porque os papas anularam quase tudo o que de bom Cristo fez.
A propósito do Sofrimento, desde quanto Cristo gostava dele? Cristo detestava o sofrimento. Quando via alguém doente, curava-o.
Não fazia jejuns, comia e bebia bem, para grande escândalo dos fariseus.
Gostava de se divertir e andava acompanhado de mulheres (incluindo Maria Madalena) para grande escândalo dos apóstolos, acostumados a que os homens não falassem com mulheres!
Na cruz, é célebre a frase: - Pai, afasta de mim esse cálice.
Quanto à igreja católica, mais afastada de Cristo não podia estar (pelo menos neste ponto)

|
181. CIVILIZAÇÃO
Diz Semiramis: “Criámos uma civilização tolerante, democrática”.
Tolerante e democrática? Não no que diz respeito ao aborto! Só falta atirarem pedras!

|
180. ABORTO & REFERENDOS
“Sou contra um novo referendo sobre o aborto, nos próximos anos” (Filipe Alves)

Neste aspecto, concordo em absoluto! Afinal de contas, elegeu-se um Governo para quê? Eles que decidam!
Os referendos foram 3 abortos!
Além do mais, ouvem-se pessoas ligadas à igreja a dizer que o “sim” significa a morte de todas as crianças e as pessoas, como na generalidade não usam o cérebro, acreditam piamente!
Seria a matança dos inocentes!

|
179. LIVROS CONSIDERADOS COMO TERRORISMO?
FBI alerta Polícia para ter cuidado com as pessoas que transportem almanaques, pois as anotações podem ter conteúdo suspeito! (CNNonline, 29/12/03)

De alguém que não lê livros, tudo se pode esperar, mas agora desconfiar deles?
Descobri via Lua e Laplage!

|
178. ABORTO & SEXOS
“Ouço um debate na TSF sobre o aborto. Entre mulheres, só entre mulheres. Não percebo a permanente vedação da discussão aos homens
(Pedro Lomba, florobsessao.blogspot.com/, 18/1)

Permanente vedação? Em que mundo é que ele vive?
Eu só vejo é homens de pedras na mão, prontos a atirá-las às mulheres!
Discordo totalmente dele! Se os homens em regra não servem nem para educar os filhos (a maioria), quanto mais para decidirem algo que está dentro das mulheres!

|
177. PP – 3 / PSD- 0
Golos: Aborto, Cannabis e agora Imigração (Barnabé, 20/1)

|
176. BUSH MENTE COMO SEMPRE
Do seu discurso do Estado da União: “We are seeking all the facts already the Kay Report identified dozens of weapons of mass destruction-related program activities and significant amounts of equipment that Iraq concealed from the United Nations. Had we failed to act, the dictator's weapons of mass destruction programs would continue to this day

Para consumo interno, diz que encontraram armas, mas nós, estrangeiros, sabemos que não encontráram nada! Mesmo nada!
O tipo só não mente quando está calado!

|
175. IMIGRAÇÃO
Empresários contra cotas do Governo:
O problema é que não há portugueses” (Francisco Van Zeller, Pres. CIP)
+ “Os imigrantes fazem o que os nossos não querem” (Rui Viana, Pres. Ass. Ind. Constr. Civil Obras Púb., JN, 21/1/04: 3)

|
174. DITADURA AMERICANA NO IRAQUE!
No dia em que Saddam foi capturado, as pessoas da cidade de Mossul a quem os americanos perguntavam se gostavam do ditador, eram, se respondessem afirmativamente, logo ali presas
(EuroNews cit. José Andrade, O Despertar, 9/1/04: 2)
Grandes liberdades levam os americanos! Eles até a liberdade de pensar ou de gostar querem prender!

|
173. NAVIOS DE TRONCOS DE ÁRVORES
Navios feitos de árvores são usados em África e foram referidos por Heródoto na Península Ibérica.
Em Portugal, no Rio Lima, desde 2/3/1985 têm vindo a ser descobertas maravilhas de Arqueologia Subaquática, algumas das quais bem recentes!
A Piroga 1 (4,35 metros), feita em carvalho alvarinho, datava do séc. X-XI d.C. (usada para transportar peregrinos para Santiago!)!
Em 1990 descobriram-se mais duas pirogas, dos séc. VIII-IX!
Finalmente, em Março de 2002, a Piroga 4 de 390-180 a.C.! Esta têm a proa em forma de golfinho! Talvez como protecção!
A última, a Piroga 5, data de 410-210 a.C.!
(GR/JN, 6/12/03: 78-82)
Dedicada ao Maritimo

|
171. BRITNEY SPEARS É RÁPIDA!
Dantes, era defensora da castidade, agora já se deixou disso.

Mas a última foi decidir casar-se com um amigo de infância, Jason Alexander, passarem a noite de núpcias e no dia seguinte arrepender-se, e pedir a anulação do casamento! (Expresso-Única, 10/1/04: 7)

|
172. ABUSOS DA IMPRENSA
Não é preciso mudar nem a Lei da Imprensa nem os Códigos Penal e Processual Penal (...) não é falta de leis, mas de saber aplicar as leis que já temos
(José Carlos de Vasconcelos, Visão, 15/1/04: 40)
Lindo! É melhor do que fazerem-se novas leis que não irão ser aplicadas, de novo...
Dedicada ao Causidicus

|
170. IGREJA & OS RICOS
Os ricos dão-me conselhos. Os pobres dão-me dinheiro (antigo bispo do Porto citado pela Padre Bráulia Reis, NM, 11/1/04: 34)

|
169. ADÃO FUMAVA CANNABIS (4)
Revisão da matéria dada:
Nós bebemos leite porque os nossos Antepassados o fazem há cerca de 8000 anos e deu-se uma selecção natural que beneficiava quem tivesse o gene da lactase para digerir a lactose. Apenas uma pequena parte da população mundial o pode fazer.
2º As drogas ligam-se a receptores do nosso organismo porque imitam moléculas do nosso organismo, sendo oportunistas. A cannabis não! Tem receptores próprios!
Ora, tanto quanto sei:
3º Toda a gente sente os efeitos da cannabis, a qual era usada em todo o mundo, sendo considerada uma planta cosmopolita.

Todo isto é sabido, mas no meu passeio nocturno de 16/1/04 é que me apercebi do que isto implica:
Se toda a gente sente a cannabis, é porque os genes para a sentir fazem parte do Homem há muito mais do que 8000 anos (a data em que nós começámos a beber leite de vaca)! Muito mais! Basta pensar que TODA A GENTE tem esses genes, que não servem para mais nada!
Ou seja, o homem planta e usa cannabis há muito mais tempo! Ups! Isto entra em contradição com a teoria de que a Agricultura começou à cerca de 8000 anos atrás, mais ou menos quando começaram as grandes cidades! Será que entra mesmo?
A cannabis é a melhor agricultura que se pode querer! Dá-se em todos os solos e não necessita de cuidados nem de regas. Aliás, nem precisava de ser plantada: assim como os nossos antepassados caçadores-recolectores apanhavam bagas de plantas, deviam apanhar cana de cannabis para usos variados.
Pensando que TODA A GENTE tem os genes da cannabis, os nossos antepassados comuns, quer sejamos evolucionistas ou criacionistas (Adão e Eva), usavam cannabis. Creio que não há outra interpretação a dar a estes factos (Alex, 16/1/04)

|
168. ARTE RUPESTRE EM PORTUGAL - NOTAS
CRUZES, FERRADURAS E ÍDOLOS - Idade Megalítica (interpretação Obermaier, p. 144)
SERPENTES - Idade Megalítica (Dólmen de Barrosa, V.N. Âncora; p. 152; “bicha pintada” com 10,5 metros de comprimento junto Ribeira de Codes, afluente do Zêzere, em Vila de Rei; p. 152); Idade do Ferro (p. 145)
Ou seja, no tempo dos megalítos já existiam Cobras Cuspideiras, ehehehe
SUÁSTICAS - Idade do Bronze (Monte da Saia, Carvalhos, Barcelos; Citânia de Briteiros e Castro de Sabroso; p. 142); Idade do Ferro (p. 145)
(a partir de Mário Varela Gomes, Arte rupestre em Portugal: perspectiva sobre o último século. Arqueologia & História / AAP, 54 (2002): 139-194)

|
167. MOISÉS (1): À PROCURA DA SUA CARA E DO SEU TÚMULO!
(À procura do faraó do êxodo 20) por Alex a 2/1/2004.
Se a proposta de Gary Greenberg é lógica, quem era Moisés na realidade? Porque estamos no Egipto, pelo que se ele viveu como egípcio, devem existir os restos da sua passagem. (podem é ainda não ter sido escavados...)

Vamos então tentar por à prova esta teoria de Gray Greenberg.
Mas como saber quem era Moisés? Bom.. e que tal procurar pelo seu nome? É lógico.
Afinal de contas, em (quase) todas as histórias esse é o seu nome, que além do mais é egípcio! Ainda por cima, é um nome muito vulgar no Egipto!
Temos de procurar por MS, porque em Egípcio (tal como em Hebraico) não existiam vogais. Também temos de procurar MS mas dentro de um nome maior, porque MS, ou nascido, é demasiado pequeno, faltando um deus a quem era dedicado ou outro complemento (nascido em ?).
Da nossa conhecida lista de pessoas importantes de Amarna (na parte nº 14), apenas duas podem ser:

1º Ahmose - HMS ou MS - Portador do Leque à Direita do Rei.
2º Ramose - RMS - Vizir de Amenófis III e de Akhenaton.
Queriam um alto sacerdote? Infelizmente, só temos Meyre I e Panehesi (=O Núbio), este último Chefe dos Servos (Chief Servant) de Aten. Mas esperem pelo final...

Comecemos pelo primeiro: Ahmose.

Era apenas Portador do Leque à Direita do Rei.
O seu túmulo (TT3) em Amarna não tem as pinturas acabadas e quase não têm escultura! Apenas existe uma escultura no final do túmulo!
Para mim, parece-me ser alguém demasiadamente pouco importante, com poucos recursos, comparativamente à história contada pela Bíblia e às várias versões egípcias do êxodo. Definitivamente, não me convence.
Curriculum religioso, também não tem nada. Passemos para o segundo candidato a Moisés...

|

Tuesday, January 20, 2004

Intermezzo
Ás vezes, apetecia-me fugir daqui para fora…

Gostava de dar os parabéns à Rata Maluca, pela melhor frase que já ouvi:
- As Opiniões são como as Vaginas!
Ficamos todos desejosos de conhecer a sua… sua... opinão.

Venho também dar os parabéns ao Nuno, pelo seu site de música, que transformou num verdadeiro Portal de Música! Lindo! Deve ser muito útil aos fãs dessas bandas, editoras, etc. A não perder por quem gosta de música…
Já agora, Nuno, não fizeste esse “portal” depois de eu ter feito o meu de Arqueologia? Fizeste bem… os meus parabéns!

|
166. O DINHEIRO DOS CRISTÃOS-NOVOS
Numa carta do inquisidor-geral Fernando de Mascarenhas a Filipe III, conta ter ficado com os bens de uns “conversos” por saber, de antemão, que o rei, a exemplo dos seus antecessores, os repudiava, por serem “cousa de gente empestada”.

Os bens dos cristãos-novos sujavam as mãos dos reis mas não dos inquisidores! Olha a lata! (VB-176+8)

(Anedotas da História de Portugal nº 29)

|
165. PORQUE SE DIZ OS 4 CANTOS DO MUNDO?
Pergunta o Bloguítica, eu respondo:
- Porque dantes pensavam que o mundo era plano…

|
164. FOTO PENSATIVA
A Malícia de Mulher pergunta porquê os gajos tem fotografias com aspecto de pensador ao lado das crónicas, respondendo eu talvez para serem levados a sério, porque se já ninguém os leva a sério, vestidos de palhaço muito menos!

|
163. DURÃO BARROSO
Durão Barroso afirmou que concorda com a descriminalização do aborto, mas que este é um passo que não pode dar nesta legislatura devido a compromissos eleitorais anteriormente assumidos. (…)
esta é uma das justificacoes mais ridiculas que ouvi nos ultimos tempos, especialmente se se tiver em conta o numero de compromissos eleitorais que foram quebrados desde que Durao Barroso assumiu funcoes como Primeiro-Ministro (…) o PSD nao pode porque o acordo com o PP nao deixa
(Paulo Gorjão, Bloguitica, 17/1/04)

|
162. POUCOS LICENCIADOS EM CIÊNCIAS!
Apenas 5,1% dos 61 mil licenciados que se diplomaram em Portugal em 2001 completaram cursos de ciências. (...) A média dos Quinze cifrou-se em 11,1% (…)
Engenharias - a média comunitária foi de 15%
(Público, 20/1/04)

Só querem cursos da treta, de blá-blá, cursos de papel que não servem para nada senão para o desemprego! Enfim!

|
161. ABORTO VS. PEDOFILIA & JUSTIÇA IMORAL
As penas de prisão ilustram o que se passa:
7 anos de prisão a uma mulher por fazer abortos clandestinos;
3 anos de pena suspensa (ou seja, nada!) a um pai que abusou sexualmente do filho dos 4 aos 10 anos! (Tribunal de Sintra em Dez. 2003);
2 anos de prisão (trocada por 5375 euros à família), a um homem que abusou sexualmente de uma criança de 9 anos! (Tribunal de Bragança em Dez. 2003)
(Inês Pedrosa, Expresso-Única, 10/1/04: 12)

Ou seja, basicamente as mulheres são condenadas por serem mulheres!
Os homens podem fazer o que quiserem que saem em Liberdade!
Sob a treta da “defesa da vida” por uma cambada de células que nem se sabe se iriam vingar, maltratam mulheres e prendem-nas!
Quanto aos homens, que deviam proteger os filhos, está tudo bem! Regressem ao lar! O vosso filho precisa de vós para lhes aquecerem a cama!

Assim funciona a Justiça e a moral da Direita, que só se sente satisfeita a maltratar mulheres! Arre!
Será possível que os ditos “católicos” do PP e do PSD só se lembrem de Cristo no Natal?

No dia seguinte estão prontos a atirar pedras a mulheres!

|
160. DISCO ASTRONÓMICO DA IDADE DO COBRE
Descoberto um disco da Idade do Cobre de c. 1600 a.C., no alto da colina de Mittelberg (Alemanha), que servia para prever o Solstício de Inverno e de Verão, etc.,

Contendo uma representação das Plêiades! Era uma versão antiga dos mapas que agora encontramos nas revistas e nos livros!

(adapt. National Geographic Magazine Portugal, Jan. 2004: 60-71)

Os nossos antepassados devem ter pensado: - Para quê fazerem grandes complexos de pedras gigantes, se basta uma representação esquemática?
Vejam o site

|
159. GENEALOGIA RELIGIOSA DA SUÁSTICA
O Marcos (3 posts) e o Castor de Mármore andam a falar da Suástica, um símbolo bem antigo, cuja genalogia, de um modo simples, podemos traçar assim:

Esta imagem é claramente a imagem do Deus Sol, tal como a encontramos em muitas pinturas rupestres, em túmulos, etc.
Mas, na realidade, quando olhamos para o Sol por vezes não vemos os “raios”, assim vamos cortar a cabeleira de Deus:

Como dizia St. Agostinho (?), “Deus é uma circunferência cujo centro não está em lado nenhum”. Ora, dito doutro modo, temos o Universo numa circunferência.
Esta imagem também se encontra nas pinturas rupestres.
O problema desta representação é poder ser confundida com uma simples cova ou circunfererência (o que não acontece quando está em cima de alguém, a fazer de auréola!), mas isso é fácil de resolver:

4 raios = 4 pontos cardeiais, temos assim Deus em todo o lado. Esta representação, a Cruz, é inequívoca. Todos sabem o que representa a Cruz.
A Cruz é um símbolo divino e ao mesmo tempo Solar
, porque está inscrito dentro da circunferência (o facto de lhe alongarmos o pé não desmente isto).
Da cruz, facilmente chegamos à Suástica:

Os traços que adicionámos como que adicionaram movimento à figura!
É o Universo, sempre em constante mudança.
Á primeira vista, podemos pensar que está parado, mas está sempre em movimento.
Como dizia alguém, “é preciso andar para estar sempre no mesmo lugar”.
As rosáceas das igrejas românicas também usam o mesmo princípio da dinâmica.
E assim se vê facilmente como a Suástica é uma representação de deus e do Universo, sempre em mudança. Espero que tenham gostado…

|
158. VILAS NA IDADE MÉDIA
O termo villa, na documentação da Alta Idade Média, é um termo polissémico, isto é, aplicava-se “a realidades diversas e díspares” (Lopez Alsina, 1986: 197).
Podiam designar uma aldeia com seus moradores, os quais explorariam pequenos prédios (hereditates) sobre os quais uns teriam um domínio eminente, e outros, domínio meramente útil. Era a villa-aldeia.
Mas, segundo o medievalista compostelano, o termo villa aplica-se também a uma propriedade senhorial do tipo carolíngio. (…)
A equação villa = aldeia é hoje pacífica
(Jorge de Alarcão, Paisagem rural romana e alto-medieval em Portugal. Conimbriga, 37 (1998): 110-111)

|
157. ADÃO FUMAVA CANNABIS (3)
Antes de falar da Cannabis, falemos das drogas: porquê fazem efeito? Porque carga de água a heroína e as outras drogas todas fazem efeito? São imitadoras e oportunistas!
São imitadoras porque a sua estrutura molecular é próxima de moléculas normais que nós temos no nosso corpo! São oportunistas porque usam os mesmos receptores de essas moléculas.
Exemplificando: Quando os amigos vêm marcar golo o Porto ou o Benfica ou o Sporting (etc.) ficam eufóricos! Quando comem algo de que gostam ou fazem sexo, têm prazer. O que se passa dentro do organismo? Moléculas entram em contacto com receptores (= que recebem) na membrana da células e outras substâncias são libertadas.
Como actuam as drogas? Como a sua estrutura química e molecular é parecida com estas moléculas, ligam-se ao receptor, mas como a sua estrutura não é exactamente igual, a ligação não se quebra facilmente, ao não se quebrar, o estado de euforia do futebol, de prazer, etc., não é quebrado imediatamente! Daí elas provocarem um efeito tão prolongado.
O que tem isto a ver com a cannabis? Nada! Aqui é que a porca torce o rabo!
A cannabis não usa receptores de outras moléculas similares! A cannabis não é imitadora e não é oportunista! A cannabis tem receptores próprios no nosso organismo que servem apenas para receber a cannabis! Ou seja, não é uma droga!
O que tem isto a ver com Adão? Leiam amanhã! (Alex, 16/1/04)

|
156. ARTE RUPESTRE SÉC. 18
Na arte rupestre do Vale do Côa há curiosa representação do Menino Jesus da Cartolinha, do séc. XVIII, cujo culto ocorre naquela zona!
(Baptista&Gomes + Zilhão 1995, cit. Mário Varela Gomes, Arte rupestre em Portugal: perspectiva sobre o último século. Arqueologia & História / AAP, 54 (2002): 178)

|
155. LEITURA DE JORNAIS (2)
Em termos de jornais desportivos, somos os maiores! Lemos o dobro de jornais desportivos do que Espanha, apesar deles lerem o dobro de nós, em geral, e o triplo, em jornais não desportivos! Somos um caso muito estranho!
(Luís de Miranda Rocha, O Despertar, 9/1/04: 2)

|
154. BIOLOGIA RADICAL
É normal os animais usarem a Luz do dia para se orientarem, mas usarem a Luz da Lua já é fora do vulgar! O escaravelho Scarabaeus zambezianus leva as suas bolas de excremento em linha recta, guiando-se pela Lua! (GR/JN, 6/12/04: 84)

|
153. CLARA PINTO CORREIA DE MINI!!
Quase que me saía o coração pela boca ao ver a minha Deusa da Ciência de mini-saia na NM de 11/1/04!
A musa dos divulgadores de ciência!
A nossa Barbie!
Uma barbie de 43 anos... mas tomara a muitas teenagers!
Felizmente não tirei o curso em Lisboa, senão não sei como iria concentrar-me nas aulas! (NM, 11/1/04: 44)

|
152. MOISÉS E HERMES
(À Procura do Faraó do Êxodo 13)
Uma outra estranha história que fala de Moisés relaciona-o com Hermes, muito conhecido dos curiosos do oculto, da Simbologia, etc. Mas quem foi Hermes?
Artapanus, um historiador do séc. II a.C., diz-nos que Hermes era Moisés, que foi muito considerado pelos sacerdotes egípcios, a quem em reconhecimento das suas capacidades por trabalhar com hieróglifos (há algo de mais simbólico que os hieróglifos?), foi chamado de Hermes. Hermes era o deus grego identificado com o deus egípcio Thot, o deus da escrita.
Aqui há erro! O deus Thot estava proibido no tempo de Akhenaton. O que seria que Artapanus não percebeu?
Moisés (“nasceu”, em egípcio ms) teria a preceder o seu nome qualquer coisa, mas não seria Thotmose, porque isso era um nome proibido! Não há muitas hipóteses, mas uma é Rá, deus Sol, Ramose, outra é Hórus, porque Ré-Herakhte, “Ré, o Hórus do Horizonte”, era o deus que Akhanaton adorava!
Ora isso dava Hermose ou Hormose - hrms - o que é identico a Hermes - hrms -, e não esqueçamos Ramose - rms, também bastante próximo (MB-266/7, Alex, 18/1/04)

Este tema foi esquecido na sequência, e vai alterar a ordem dos post que já enviei, para quem os está a guardar!

|
151. AUTORIA DUPLA (3)
O Aviz pode ter ficado surpreendido comigo, mas já imaginou se a moda pega? Se outros seguissem a moda do Vasco Graça Moura?
Imaginemos o nosso Nobel Saramago!

Antes de ser famoso, traduziu dezenas de livros para ganhar a vida!
Já imaginaram o que seria lançar de 3 em 3 meses um livo novo (reedição) do José Saramago!
Novo livro de José Saramago!
Com o autor em letras miudinhas, em baixo!
Dado o nome de Saramago, seria um sucesso editorial de certeza!
O que acha o Aviz desta ideia?
É melhor não darem esta sugestão à Caminho, senão eles ainda vão fazer umas massas...

|
Intermezzo

Este blog está a bater record sobre record! Ainda bem!
Hoje, curiosamente, também bati o record dos posts! 19! A actualidade o motivou! Mais posts só o Bloguitica, mas ele é a SIC Notícias dos Blogs!
Polémica por estes lados é que não falta!

|

Monday, January 19, 2004

151. AS GRANJAS DO ALARCÃO!
Na sequência do comentário de José Carlos ao meu post nº 131 fui ver a bibliografia por ele citada (Conimbriga 37(1998): 89-119) e deparei-me com um trabalho do Jorge de Alarcão em que ele divide as propriedades pelo tamanho em casais (2-10 hectares), granjas (10-50 hectares, sendo maiores no Sul) e villae (200 hectares no Sul e 75-100 no Norte)!
Ao longo das páginas 92-93, uma vez que os Romanos usavam também o termo villae para as propriedades intermédias, diz: - Porque é que não utilizaremos também um termo moderno?

Depois: “O termo de granja era usado nos séc. XIV e XV para designar os prédios rústicos que os grandes proprietários (designadamente os senhores monásticos) mantinham sob exploração directa (…) Mas, nesta data, as granjas começaram também a ser arrendadas” (p. 93).
Finalmente: Se a alguém repugnar a palavra granja, pode usar villa “rústica”.
Depois coloca problemas ao rústica e sujere utilizar não o latim em rústica!

Ora vejamos:
1º Tem tantos problemas com a palavra “rústica” mas não tem com granja? É deveras curioso! Sem dúvida por ser “Romanista”!
O termo não vem do séc. XIV mas do séc. XII (c. 1140) em Tarouca, com a Ordem de Cister!
Em princípio, onde houverem granjas, os terrenos pertenceram à Ordem de Cister, e não “senhores monásticos” em geral, mas… O termo Granja, dada a sua componente religiosa, é manifestamente infeliz!

Já agora, na própria lei da ordem, o “Exórdio de Cister”:
«XXIII. 1. Proibição de ter rendas. 2. Igrejas, altares, sepulturas, dízimas sobre o trabalho ou sobre actividades de criação de animais, propriedades rurais, agricultores por conta própria, alugueres de terras, proventos de fornos ou moinhos e outras coisas semelhantes que estão em contradição com a pureza da observância monástica, ficam excluídas da nossa própria condição de monges e da nossa pertença a esta Ordem».

E já agora:
«XV.1. De onde deve provir o sustento dos monges.
2. O sustento dos monges da nossa Ordem deve provir do trabalho das mãos, do cultivo das terras, da criação de animais; (...) para cultivo e pastagem e manutenção de tudo isto, podemos possuir granjas, que deverão ser confinadas à guarda e administração dos conversos.
XIX. 1. Não se conviva com os homens do mundo nem para criação de animais ou cultivo de terras, quer se trate de ceder ou de intrometer-se em contrato de parceria de terras ou de ganho de animais.»

Sabendo-se isto tudo, custa-me chamar-lhes granjas! Mas já vi onde o autor da frase foi buscar a ideia!

|
150. ABORTO & DIREITOS
Trata-se, neste caso, de uma colisão de iguais direitos de propriedade, sendo-me difícil dizer por qual deles se deve optar. Concedo, porém, que se dê prevalência à vida da mãe (catalaxia.blogspot.com/, 19/1)
Dá gosto ver uma pessoa de Direita dizer isto!

|
149. MEDICAMENTO DE CANNABIS À VENDA!
Em 1999, foi introduzido no mercado português um desses medicamentos que contém dronabinol, uma versão sintética da delta-9-tetrahidrocannabinol ou THC, a principal componente psico-activa presente na cannabis. Esse fármaco, de nome Marinol, está sujeito a receita médica e é usado no tratamento de anorexia. Mas também na perda de peso em doentes com sida, bem como no tratamento de náuseas e vómitos resultantes da quimioterapia (Público, 17/1/03: 27)

Era muito mais barato e eficaz a cannabis, tanto quando sei. Os medicamentos apenas interessam às companhias farmacêuticas!
De qualquer modo, é o cair da capa da hipocrisia! É tempo de admitirem que a cannabis não é uma droga e sim uma planta medicinal como o Aloé ou outra qualquer

|
148. 11 DE SETEMBRO E SAUDITAS
Os Bush são amigos pessoais dos Sauditas e o 11 de Setembro teve origem saudita: O senador democrata Charles E. Schumer queixou-se de que mesmo quando o Congresso divulgou, em meados do ano passado, relatórios da espionagem sobre as origens do ataque de 2001, a administração Bush reeditou fortemente um capítulo de 28 páginas sobre os sauditas e outros governos estrangeiros, concluindo: "Parece existir uma estratégia sistemática de apaziguamento e encobrimento quando se chega aos sauditas"
(Pública, 18/1/04: 19)

|
147. ABORTO & CASTIGO
Quanto ao castigo a infligir a quem aborta, se essa é a preocupação do legislador, que ninguém duvide que o acto é, por si só, castigo suficiente para quem o pratica. Deve mesmo ser até a única pena perpétua que se aplica em Portugal
(catalaxia.blogspot.com/, 19/1)

|
146. ASMA AUMENTA & GOVERNO TRAVA CANNABIS!
A prevalência de asma em crianças está a aumentar em Portugal em geral e nas regiões metropolitanas de Lisboa e do Porto em particular. (…)
Em 2002, esta percentagem subiu para 11,8.
Em Lisboa, em particular, a prevalência aumentou ainda mais: era de 10,9 por cento e passou para 14,6.
No mesmo caminho segue o Porto, onde 15,1 por cento das crianças nesta faixa etária já tiveram pelo menos um caso de asma
(Público, 18/1/04: 3)

A cannabis é o único medicamento eficaz contra Asma! E ela já afecta mais de 10% da população!

|
144. ECONOMIA MUNDIAL NOS ANOS 90
Na década de 90 fez aumentar em 50% o número de desempregados e de trabalhadores da economia clandestina e provocou uma descida de 25 por cento da média do salário mínimo
(editorial, Público, 19/1/04: 5)

|
145. BALCÃS
Artigo belíssimo e esclarecedor! A não perder!

|
142. PORQUÊ ESCREVER?
A quem interessa ler uma escrita que não transforme quem a escreve? A quem interessa um trabalho que não transforme quem o faz? (Ivan, 18/1)

Lindo! Ao escrevermos, pomos as ideias em ordem. Pelo menos, alguns de nós… porque outros fazem testamentos

|
143. ABORTO & HIPOCRISIA
Ainda recentemente, na televisão, uma senhora disse que fez abortos e votou "não". Isto é tudo uma hipocrisia!
(Strecht Monteiro, Dir. Maternidade de Júlio Dinis, Porto, Público, 19/1/04: 13)

|
141. INDULTO PRESIDENCIAL & REACÇÕES
Houve reacções contra o indulto presidencial à enfermeira condenada a 7 anos! Aliás, nenhum partido (BE, PS; PCP) apoiou o pedido de indulto, tal como Pacheco Pereira, por a considerarem uma “exploradora”!
(Inês Pedrosa, Expresso-Única, 10/1/04: 12)

Exploradores são os Políticos que não fazem nada, ou não fazem nada de jeito, de um modo geral, e não servem para nada! (principalmente as idiotas das “crianças” acessoras do Paulo Portas que recebem centenas de contos por mês!).

Ela apenas prestou um serviço necessário a quem a procurou! Ela salvou a vida das mulheres que a procuravam (no entender dessas mulheres).

Quem explora o sofrimento destas mulheres é o PP do Paulo Portas e o PSD! Os políticos é que as exploram, maltratam, acusam e levam a tribunal!

Se alguém aqui devia ir parar à prisão por morte de mulheres indefesas é o Paulo Portas
(assassino-mor) e Companhia Limitada!

|
140. ADÃO FUMAVA CANNABIS (2)
A 26/11/03 saiu um artigo no Público sobre o uso do leite a co-evolução homem-vaca, isto porque bebemos (quem o faz) leite de vaca, quando a maioria da população do mundo não o pode fazer (são deitados no lixo as toneladas de leite que são enviadas para África), porque lhes faltam enzimas para digerir o leite.
À maior parte das pessoas o leite não alimenta, só lhes dá indigestão e má digestão.
Como se lia no artigo do Público, houve uma selecção natural das pessoas que podiam continuar a beber leite em adultas (e ainda por cima de outro animal!: a vaca) na Península Ibérica e no Norte da Europa, etc.
Pode avaliar-se a antiguidade desse hábito pela percentagem de pessoas que conseguem beber leite de vaca sem efeitos secundários, ou Arqueologicamente, como se fez no Norte da Europa, onde há 8000 anos se bebe leite, porque os vitelos são desmamados mais cedo, e isso nota-se nos dentes, que se encontram nos vestígios arqueológicos.
Ou seja, os nossos genes mudaram para nós produzirmos uma enzima para digerir a lactase e assim podermos beber leite! A isto se chama co-evolução homem-vaca.
O que tem isto a ver com a cannabis? Leiam amanhã! (Alex, 16/1/04)

|
139. ARTE RUPESTRE - O INÍCIO
Olhada de lado, veja-se Martins Sarmento (1882): Antes da invasão romana havia uma arte entre nós?, ou Jorge de Alarcão (Hist. Arte em PT, 1986. Alfa): Olhando as pinturas ou gravuras do Escural e do Norte de Portugal, podemos perguntar-nos: Isto é arte?
(Mário Varela Gomes, Arte rupestre em Portugal: perspectiva sobre o último século. Arqueologia & História / AAP, 54 (2002): 140)

|
138. AUTORIA DUPLA (2)
O Aviz percebeu mal o meu espanto com a autoria das Rimas de Vasco Graça Moura/Petrarca.
Não significa que o VGM não seja autor, o que acho estranho é ser referido em 1º lugar! Como se VGM fosse o autor e Petrarca o tradutor!
Ainda mais estranho seria na capa do livro estar “O Inferno” de Vasco Graça Moura e, em letras pequeninas, Dante, ou nem aparecer Dante!
É óbvio que os tradutores são autores secundários (basta ver que duas traduções podem ser muito diferentes), mas são sempre secundários.
O principal é sempre o autor da obra. Ás vezes parece-me que estas evidências são esquecidas!

Quanto às Rimas serem Poesia ou Ficção, nem ligo a isso (à velocidade a que leio muita coisa escapa) e a única poesia que leio é praticamente a da Sofia, para me distrair em vez de ficção ou poesia prefiro ler arqueologia, história, história das religiões, etc.

|
137. LEITURA DE JORNAIS (1)
Em Portugal 83 pessoas em cada 1000 lêem jornais diários, um número do 3º Mundo, mas melhor que 70 pessoas (há 5 anos) ou 50 (décadas antes).
Mas será mesmo uma grande melhoria?
Do aumento, cerca de 25-30% são jornais desportivos diários que dantes não existiam! (Luís de Miranda Rocha, O Despertar, 9/1/04: 2)
Lembro-me de há uns anos ter lido que nos Liceus os intelectuais eram quem lia dos jornais desportivos, porque os outros nem isso!

|
136. MACAQUINHOS DE IMITAÇÃO
Já me aconteceu irem atrás de mim e comprarem tudo aquilo que me viam comprar
(Catarina Furtado, TV Guia cit. GR/JN, 6/12/03: 24)

|
135. DESFLORAÇÃO NA GRÉCIA
Na Grécia Antiga as mulheres desfloravam-se a si próprias com “consoladores” de couro chamados obeliscos!
Isto porque se acreditava que o contacto com o sangue feminino causava impotência!
(Pública, 4/1/04: 54)

|
134. MUDANÇAS DE APELIDO - CAUSAS
Quem investiga a história de famílias portuguesas, mormente nos séculos XVII a XIX, depara frequentemente com situações em que aparecem indivíduos adoptando apelidos totalmente diversos daqueles que haviam herdado de seus pais e avós.
As razões de tal fenómeno são conhecidas, de entre todas sobressaindo a eventual possibilidade de acesso à herança de bens vinculados cuja posse estava condicionada, pelos instituidores do vínculo, ao uso de determinados apelidos.
E assim, não é infrequente encontrar personagens fazendo uso de apelidos que haviam pertencido a seus bisavós ou mesmo terceiro avós...
Na pesquisa genealógica as dificuldades que tais circunstâncias geram são bem conhecidas e conduzem por vezes a verdadeiras situações de impasse
(J. G. Galvão Borges, Machados Pintos de Vasconcelos, Armas & Troféus, S. 5, t. 6, 1985/1986: 53) Coment.: Muito interessante!

|

This page is powered by Blogger. Isn't yours?